18 de maio de 2017

CONTEMPLAÇÃO






CONTEMPLAÇÃO
Saltei, brinquei, sorri e chorei
Senti o vento por mim a passar.
Vi os vaga-lumes no escuro a brilhar.
Vi as mariposas no céu a esvoaçar.
Não tenho mãe para dar uma flor, mas sei
Que lá do alto me dá seu amor.
Protegem-se a relva e a saudade, neste espaço.
Plantei ilusões, nasceram limões.
Há palavras ditas em orações, ao dizer te amo
Respondem os corações.
Nesta vida falta-me a vontade, o teu amor me fazia feliz.
Nesta hora de maldade, raiva e esperança
Neste dia subo ao céu num cordel, para colher palavras de confiança.
Pinto no mar, marés coloridas.
Meus passos perdidos, perdi anos, risos, abraços e vidas
Perdi teu amor, perdi a alegria ganhei o alento, ganhei muita força
Para lutar contra o vento.
Busquei tempestades busquei sete ventos
E quando achei que já sabia de tudo, descobri que
Para ser feliz basta apenas o momento.
Porque este é o tempo dos amores, dos poetas sonhadores,
O tempo dos amantes, e da saudade da clausura e da liberdade.
Quis pintar uma aguarela…, mas aí faltou-me a vontade.


7 comentários:

Gracita disse...

Querida Nina
Estou em estado de êxtase com este seu poema belíssimo
Fizeste um voo majestoso pelos recônditos da poesia
Parabéns por esta pérola poética minha amiga
Beijinho com ternura.•❀.•❤•.¸✿¸.•❤•øº°‘

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga maravilhoso poema.
Agarre todos os momentos de felicidade e pinte uma bela aguarela.
Bom fim de semana
Beijinhos
Maria

Roselia Bezerra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Roselia Bezerra disse...

Olá, querida Nina!
Às vezes, esmorecemos mas ganhamos força de novo pela bondade de Deus para pintarmos a vida com cores extasiantes...
Lindo poema!
Bjm fraternal

Maria Rodrigues disse...

Minha amiga passei para desejar um excelente fim de semana
Beijinhos
Maria

✿MIUÍKA✿ disse...

Gostei amiga e como sempre, me extasias com o teu talento e sensibilidade emocionante, que espero nunca nos falhe, um Bem Haja para ti e um grande beijinho da amiga...Miuíka

Beatriz Bragança disse...

Querida Nina
Pintou uma poética aguarela! O seu poema contempla muitas situações; julgo que quase todas as que podemos experimentar ao longo da Vida.
Feliz domingo.
UM BEIJINHO
BEATRIZ